Cadastre-se no site

Primeira página

Seções

Profissões

Doenças

Condições

Cursos

Dicas

Vídeos

Redes Sociais

Cuidar de Idosos

Publicado em: 15/11/2010

A- A+

Ouvir, acolher, educar: nosso desafio gerontológico

  •  Favoritos
  •  Assinar feed
  •  Receba por e-mail
  •  Link para este post
  •  Notificar erro
  • Enviar para amigo

  •  

Ouvir acolher educar nosso desafio gerontológico Ouvir, acolher, educar: nosso desafio gerontológico

Ouvir, acolher, educar: nosso desafio gerontológico

Cada vez mais, nosso papel profissional irá equiparar-se ao do educador. Se eu tratar de você, é para hoje. Se eu ensinar algo a você, é para toda a vida. Ensinar, informar, orientar: familiares e cuidadores de idosos, que estejam em domicílios ou em instituições de longa permanência para idosos, tornou-se o ponto de partida, do cuidar gerontológico. Aliado a isso, um componente essencial para o sucesso no contexto da área da saúde, consiste em ouvir o idoso, sua família, sua história de vida.

A maneira como acolhemos os idosos, falamos com eles, os tocamos e ouvimos tem muito impacto sobre a saúde, ou até mais que os conhecimentos e habilidades adquiridos durante nosso treinamento profissional.

É preciso que tenhamos um olhar sensível em nossos atendimentos diários, independente da área de atuação. É reconhecer que faço parte de uma equipe multidisciplinar, que sou um profissional multidisciplinar! Para qual, faz-se necessário “viver esfericamente em várias direções.” Direções essas, que me faz querer e estar: Disposto, Determinado, Decidido para o cuidar gerontológico. É ver e ir além, do simples saber e aplicação da técnica.

O que saberemos da vida, enquanto não soubermos o que significa envelhecer? Envelhecer significa: com os anos entrar nos anos, para conhecer o tempo e caminhar com o tempo, estar no tempo e também contra o tempo. Envelhecer significa ir e passar, mudar sem perder a identidade, um pequeno pedaço de experiência projetado sempre de novo sobre um grande pedaço de esperança.

Claudia Soares dos Santos – fisioterapeuta e gerontóloga

claudiasantos.fst@gmail.com

Editorial Cuidar de Idosos

- portalcuidardeidosos@gmail.com

Avalie este artigo

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas 2 Voto(s)
Loading ... Loading ...

1 comentários em “Ouvir, acolher, educar: nosso desafio gerontológico”

  1. Mauricea disse:

    Oi pessoal!Estou me formando esta mês(15/12),serei cuidadora de idosos,qualifiquei-me pela prefeitura de minha cidade (Recife)e o Hospital Naval do Recife.O interessante é que antes de fazer o curso cai de paraquedas numa residência e foi lá ,minha primeira experiência como cuidadora,me descobri e ai decidi q era isso que queria p/ minha vida,quer dizre,era isso q deveria fazer para chegar onde queria,ser gerontólaga,dedicar minha vida aos interesses dos idosos,tentar ajuda-los da melhor forma possível atravèz dos conhecimentos que vou adquiri.”Chegar a velhice é uma dádiva,queira DEUS que eu a alcance!”

Quer adicionar uma foto no seu comentário?

Entre no site gravatar.com, crie uma conta e faça o upload da sua foto.

Comente

  • Nenhuma citação para este post.

Enquete

Você sabia que o novo CLASSIFICADOS PROCURO CUIDADOR agora também anuncia empresas e profissionais de saúde?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Mapa
© 2010 Cuidar de Idosos. Todos os direitos reservados. Reprodução sem permissão não é permitido.

© 2012 CUIDAR DE IDOSOS

Recomendamos também a leitura de: