Cadastre-se no site

Primeira página

Seções

Profissões

Doenças

Condições

Cursos

Dicas

Vídeos

Redes Sociais

Cuidar de Idosos

Publicado em: 31/05/2008

A- A+

O que são cuidados paliativos?

  •  Favoritos
  •  Assinar feed
  •  Receba por e-mail
  •  Link para este post
  •  Notificar erro
  • Enviar para amigo

  •  

O conceito de cuidados paliativos foi definido, oficialmente, em 1990, pela OMS (Organização Mundial de Saúde) como sendo o cuidado ativo e total dos pacientes cuja a doença não responde mais aos tratamentos curativos. O controle da dor e de outros sintomas, entre outros problemas sociais e espirituais, são da maior importância. O objetivo dos cuidados paliativos é atingir a melhor qualidade de vida possível para os pacientes e sua famílias.
Quando foi feita este conceito, foi pensado para pacientes em estágios avançados de câncer, mas, evidente, pode ser colocado também para outros tipos de doenças como as doenças cardíacas, a AIDS, as doenças renais e aos idosos com doenças terminais.
Expandindo o conceito acima, a OMS complementa:
• A afirmação da vida e encara a morte como processo normal.
• Os cuidados paliativos não apressam e nem adiam a morte.
• Os cuidados paliativos procuram aliviar a dor e outros sintomas desconfortáveis.
• Integram os aspectos psicossocial e espiritual nos cuidados do paciente.
• Oferecem um sistema de apoio e ajuda aos pacientes para viver tão ativamente, quanto possível, até a morte.
• Disponibilizam uma sistema de apoio para ajudar a família a lidar com a situação, durante a doença do paciente e no processo de luto.
A enfermeira Mary Mccoughlan, num dos capítulos do livro Humanização e Cuidados Paliativos (Pessini & Bertachini 2004), também coloca como elementos centrais dos cuidados paliativos:
• Compaixão: porque sem esta, simplesmente passamos pelas emoções, não importa o quanto sejamos tecnicamente habilidosos. Esta autora não entende como alguém está se sentindo, mas é possível imaginar a pessoa nesta condição de paciente terminal, colocando-se no seu lugar, e tentando fazer para o outro, o que gostaria que se fizesse para nós.
• Humildade: Qualquer profissional de saúde não tem todas as respostas corretas, estando sempre num contínuo aprendizado. Um dos momentos de maior recompensa e enriquecimento em cuidados paliativos é aquele no qual se aprende dos pacientes e dos familiares, até mesmo de outros colegas. Os profissionais de cuidados paliativos precisam ter a sabedoria e a capacidade de admitir para o o paciente, quando não se tem uma resposta, explicar a ele que irá se buscar um entendimento sobre a questão, para posteriormente voltar a conversar sobre o assunto.
• Honestidade: quem recebe os cuidados paliativos deve estar no centro das decisões sobre o seu tratamento. Assim, os profissionais de cuidados paliativos devem ser hábeis na comunicação com o paciente, sensível e capacitados para responder as questões que lhe forem designadas. Mais importante ainda, significa que deve-se ter a coragem e a habilidade de falar sobre questões mais profundas, tais como “estou morrendo?”, e o que realmente isto significa para o paciente. Até mesmo abordar tais questões complexas com as famílias, que também necessitam muito serem ouvidas.

Márcio Borges

Geriatra - marcioborges@cuidardeidosos.com.br

Avalie este artigo

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas 1 Voto(s)
Loading ... Loading ...

Ainda sem comentários em “O que são cuidados paliativos?”

  1. Elisângela Semedo disse:

    para ti ely

Quer adicionar uma foto no seu comentário?

Entre no site gravatar.com, crie uma conta e faça o upload da sua foto.

Comente

  • Nenhuma citação para este post.

Enquete

Você sabia que o novo CLASSIFICADOS PROCURO CUIDADOR agora também anuncia empresas e profissionais de saúde?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Mapa
© 2010 Cuidar de Idosos. Todos os direitos reservados. Reprodução sem permissão não é permitido.

© 2012 CUIDAR DE IDOSOS

Recomendamos também a leitura de: