Cadastre-se no site

Primeira página

Seções

Profissões

Doenças

Condições

Cursos

Dicas

Vídeos

Redes Sociais

Cuidar de Idosos

Publicado em: 11/06/2008

A- A+

Falando mais sobre a profissão de cuidador de idosos

  •  Favoritos
  •  Assinar feed
  •  Receba por e-mail
  •  Link para este post
  •  Notificar erro
  • Enviar para amigo

  •  

Cuidar é uma situação que muitas pessoas, ao longo de suas vidas, acabam experimentando. A experiência de cada uma delas é também única, já que são muitos os aspectos destas experiências e que diferem de pessoa para pessoa. Por que se cuida, de quem se cuida, a relação prévia com a pessoa cuidada, a causa e o grau da dependência do idoso, a ajuda que prestam os outros membros da família, as exigências que caem sobre os cuidadores… aqui estão alguns destes vários aspectos que podemos citar sobre cuidar de idosos!

Cuidar de um idoso que depende de nossa ajuda para satisfazer suas necessidades pode ser uma das experências mais comovedoras e satisfatórias que podemos ter. Cuidar de um idoso pode aflorar em nós, quando praticamos muitas das tarefas deste cuidado, muitas qualidades e talentos que talvez tenha passado despercebidos. Acrescentando, cuidar de idosos pode fazer com que estabeleçamos uma relação mais próxima com ele e com outros familiares. Uma grande parte das pessoas cuidadoras, mesmo com a sobrecarga deste trabalho diuturno, acabam descobrindo a íntima satisfação de serem úteis a seus familiares mais próximos.

Também pode ser uma das experiências mais solitárias e ingratas que pode nos ocorrer. Em muitos casos, o cuidado é, ao mesmo tempo, solitário, ingrato, comovedor e satisfatório. Não tenham dúvidas de que cuidar de um idoso dependente é uma dos trabalhos mais dignos e merecedores de reconhecimento por parte da família e da comunidade.

Os familiares e cuidadores de idosos dependentes têm seus direitos resguardados e respeitados, principalmente quando passam por estresse demasiado, advindo do processo de cuidar do idoso dependente. Veja abaixo, nos slides, a Declaração dos Direitos dos Familiares e Cuidadores de Idosos Dependentes:

Dê sua opinião e comentário sobre este tema!

Márcio Borges

Geriatra - marcioborges@cuidardeidosos.com.br

Avalie este artigo

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas 6 Voto(s)
Loading ... Loading ...

57 comentários em “Falando mais sobre a profissão de cuidador de idosos”

  1. karen disse:

    oferecemos o serviço de cuidador de idosos. visite o nosso site.

  2. Rosilene de Araujo Goçalves Zanella disse:

    Meu nome é Rosilene tenho 37 anos,curso tecnico de enfermagem com corem em dia,trabalhei 6 anos cuidando de uma idosa como home care,quero agora uma chance de mostrar meus valores tambem como tecnica,pois não consigo vaga, pois querem com experiencia,sou casada moro em Queimados RJ,se alguém souber de alguma vaga até se for cuidaor me fala por favor, tenho boa referência,meu telefone são:36985133/76432206

  3. rita disse:

    estou a procura do emprego de cuidador de idosos ou folguitas aqui estar meu tel;27584237 ou 75276230 abraços

  4. Roberto disse:

    Boa tarde, sou de são paulo, próximo do metro Jabaquara, e minha mãe tá dando trabalho, estamos precisando de uma mulher para visitar ela, cuidar trocando frauda, higiene, coisa rápida, não é pra morar. Ela é diabética, toma remédios e insulina e não anda, só fica de cama, tem 65 anos. Meu pai, senhor de 70 anos não tá aguentando cuidar dela, ela vai se acabar e ficar doente em breve e precisamos urgente, favor entrarem em contato, informando nome e telefone de contato.

    me comuniquem por e-mail com assunto ‘Cuidador de Idoso’.
    rdzt@yahoo.com.br

    Muito Obrigado
    Roberto
    rdzt@yahoo.com.br

  5. alessandra disse:

    NOSSA, SENHORA NANA QUE DESRESPEITO E ESSE COM AS CUIDADORAS

  6. Celeste Gama disse:

    Ofereço-me para trabalhar à domicílio como cuidadora de idosos. Com referências.

  7. danuza borges disse:

    sou cuidadora de idosos e gostaria de uma oportunidade tenho curso e referencias moro em madureira rio de janeiro quem estiver interessado entrar em contato pelos telefones,2133591973 ou 2133501173 cel.68109705

  8. elenice disse:

    SOU FORMADA EM TECNICA DE ENFERMAGEM QUEM SABER DE VAGA ME PASSEM O TELEFONE eleniceromao@yahoo.com.br

  9. elenice disse:

    sou formada em tecnica de enfermagem me ajudem quem sabe de vaga em casa de repouso me paseem o telefone obrigados…

  10. O mercado esta aquecido sim. Trabalho em uma casa de repouso e possuimos várias vagas. Quem estiver interessado entre em contato no (11)5044-6545

  11. Mirian Martins de Andrade disse:

    Meu nome é Mirian Andrade,gostaria de ser selhecionada para o trabalho de cuidador,tenho experiência e carta de recomendação.

  12. Rogério Santos disse:

    Ofereço-me para trabalhar como cuidador de idoso (folguista) residência e hospítais (noite e dia).
    Já trabalho nessa área e realizei curso preparatório nessa área. Moro em São Paulo Zona Norte. Contatos pelos telefones:
    (11) 3978-1056
    (11) 2841-4316
    (11) 8405-9260

    Rogério Santos
    São Paulo – SP

  13. Aline Albuquerque disse:

    Meu nome é Aline, tenho 24 anos, sou técnica de enfermagem, e trabalho como cuidadora, trabalho dentro de hospitais ou em domicilio. Adorei o site, acredito realmente que existam pessoas que não sabem o valor do “cuidar” independente de serem idosos ou não, todas as pessoas merecem o melhor tratamento. Aproveito para oferecer meus serviços. Moro em São João de Meriti no Rio de Janeiro, meu telefone (21)88211569 ou (21)74110405.

  14. Lia disse:

    Em primeiro lugar gostaria de parabenizá-los pelo site.
    Venho por meio deste contar a minha situação, tenho 37 anos e 3 filhos um de 10 anos outro 6 e minha menina de 1 ano e 7 meses, e fiquei viúva recente, vim morar com meu pai que já tem seus 76 anos e é acamado pois o mesmo estava nas mãos de um cuidadora que com o passar do tempo eu descobri o quanto ela era carrasca, tenho 2 irmãos e 3 irmãs que dificilmente o visitava. Mandei essa cuidadora embora porém minha irmã e um dos meus irmãos ficaram contra mim pois eram amigos dessa cuidadora, com isso começou as lutas fui humilhada de todas as formas cuidei do meu pai 6 meses sem receber nada e quando tive que tirar umas férias tive que pagar com meu próprio dinheiro, quando eu já estava muito cansada, estressada e doente contratei uma nova cuidadora que fica das 8:30 até as 17 hora e eu continuo fazendo o turno da noite. Minha irmã fica com o cartão do meu pai, paga o convênio dele e faz uma compra de 300 reais, eu pago as contas da casa e compro os ortifrutis e a mistura, e quando meu pai sente vontade de comer alguma coisa diferente eu tenho que comprar com o meu dinheiro, pois se eu pedir para minha irmã comprar com o dinheiro do meu pai ela me humilha e fala para o bairro todo que não é para ele, gostaria de saber quais são os meus direitos.

  15. Cara Nana,
    Entendo que a senhora tenha passado algum problema com cuidadores de idosos. Pode ser justa sua indignação, mas é um contexto particular, com uma ou algumas pessoas. Não podemos generalizar e nem crucificar toda uma classe de trabalhadores – os cuidadores de idosos. Não acho justo. Recebo, diariamente, depoimentos de famílias que agradecem por tem encontrado suas cuidadoras (como já disse, quem cuida são principalmente as mulheres), para seus idosos.
    Nós, do portal Cuidar de Idosos, achamos que sua indignação é justa, mas não podemos ficar calados e deixar que se denigra milhares de mulheres trabalhadoras, pessoas de bem e que ajudam este Brasil a cuidar de seus idosos!
    Abraços.

  16. Nana disse:

    Cuidadora de Idosos deveria ser fiscalizada semanalmente com visitas surpresa pelo Ministério Público,todas as casas deveriam ser cadastradas e receberem essas visitas relâmpago.Elas se dizem piedosas e adoram idosos,cães e crianças mas são perversas e más e não têm nenhum respeito com a família.Quanto mais capacitada mais arrogante,e dissimulada.Se são mais humildes,geralmente não sabem ler ou escrever e não compreendem de fato a doença.São especialistas em deixarem o paciente molhado,urinado,gastam fraldas sem respeito algum à família etc,etc.Deus me livre delas tenho horror a essa classe de mulheres que se dizem cuidadoras e são simplesmente empregadas frustradas e recalcadas que arranjam um emprego de cuidadora para ganhar mais e fazer menos.São desleais e as que têm qualificação de cursos,ou são técnicas geralmente são as piores.

  17. Agradecemos a Renata pelos endereços e telefones de São Paulo.

  18. Renata disse:

    Boa noite, Mara ! Infelizmente existem pessoas que se diz cuidadora que não sabem o significado da palavra “humanização”. Entra na área apenas, porque está na moda ou até mesmo por falta de competência em arrumar outro serviço. Esse tipo de acontecimento é muito comum e assustador deve ser denúciado.

    Promotoria do Idoso
    (Ministério Público do Estado de São Paulo)
    Rua Riachuelo, 115
    Defende o interesse de pessoas idosas, se desrespeitados seus direitos previstos na Constituição, e fiscaliza estabelecimentos que prestam serviços a idosos.
    (0/xx/11) 3119-9082/9083

    Delegacia de Proteção ao Idoso
    Rua Dr. Bittencourt Rodrigues, 200, Centro
    Recebe denúncias de maus-tratos, ameaças e abandono material, entre outras manifestações de violência.
    De segunda a sexta-feira, das 9 às 18h
    (0/xx/11) 3104-3798

  19. maria junqueira disse:

    necessito saber se há alguma agencia que oferece franquia para cuidador de idosos.
    grata
    maria junqueira

  20. Camila disse:

    Meu nome é Camila, tenho 45 anos, tenho 3 filhos maiores, separada moro com um deles, tenho minha própria casa e independÊncia financeira. OFEREÇO SERVIÇOS DE MOTORISTA E ACOMPANHANTE, sou habilitada há 20 anos, dirijo muito bem e nunca tive ocorrências. Sou atendente de enfermagem, esteticista e exerço a profissão de corretora de plano de saúde há 17 anos, mas minha vocação é cuidar de idosos, com respeito, amor e dedicação.
    Agora decidi o que realmente quero fazer. Tenho projetos para montar um espaço para idosos e ou para pessoas da maior idade que estejam dispostos a viver melhor.
    Procuro, também, pessoas que estejam dispostas a conhecer minhas idéias e investir nelas.
    Atenciosamente,

  21. Meiry disse:

    cuido da minha mãe a 20 anos, ela tem problemas de depressão e é cardiaca.. muita dificuldade para andar. e muitas vezes tem alucinações.. tenho mais 03 irmãos, 02 no interior de minas e uma irmã q mora aki em S.Paulo tbem, mas naum tem condições de ficar com ela.. os outros dois q moram fora naum estão muito disposto a ajudar, moro num quarto q minha filha me deu pra ficar com minha mãe, pois sou solteira e estamos vivendo só da pensão da minha mãe que é de um salário minimo… ultimamente ando depressiva e já procurei ajuda médica.
    Gostaria de saber e tenho direito á alguma ajuda,, e se por ventura minha mãe infelizmente chegar a falecer eu tenho direito sobre a aposentadoria dela…

    pro favor se puder me responder ficarei muito grato…

    muito obrigada

  22. Môyra disse:

    gostaria de saber quantos idosos é por cuidador! obrigada

  23. Rosane Rodrigues disse:

    Sou cuidadora de Idosos e tenho curso Técnico de Enfermagem mais não possuo Coren,(ainda).Tenho 38 anos,não tenho filhos, tenho disponibilidade de horário,se preferir tenho carta de referência,não tenho vícios,sou séria e levo à sério meu trabalho.Moro em Duque de Caxias Vila São Luis Rj.Podemos combinar aos finais de semana ou períodos intermediários deacordo com suas necessidades e maior comodidade salário à combinar. Tel:97033260

  24. mara lucia macedo disse:

    Visitando uma amiga de 91 anos, presenciei na troca do plantão das cuidadoras uma conversa que não me agradou.
    A que estava saindo do plantão reclamou para a outra que estava chegando que a paciente não tinha deixado ela dormir. A paciente reclamou a noite toda e queria que chamasse a enfermeira ou o médico, pois estava sentindo dor na operação.(Ela tinha quebrado o fêmur).Ela disse que a mesma tinha que ficar quieta para o analgésico fazer efeito. E depois disse para a colega ser dura com ela. É assim que se trata um idoso acamado? Essa minha amiga está lúcida, mas sinto que ela está com medo dessa cuidadora.

  25. sonia.aparecida teixeira disse:

    adorei o site e também a minha profissão de cuidar de pessoas idoso eu amo onde queria fazer um curso nao sei aplicar injeções e nem medir pressão mas meu maior sonho de fazer o curso e aprender

  26. eliza disse:

    conheço uma situação em que um casal de idosos, moravam sozinhos, mas devido a um problema de saude grave do esposo, e pela idade avaçada da esposa os filhos decidirão trazer os pais para morar com um dos filhos, so que a filha que recebia o beneficio decidiu que ela ficaria com o cartão do pai mesmo n tendo responsabilidade nenhyuma sobre ele, e justificou que o pai tem muita dividana cidade aonde morava e ela vai pagar com esse beneficio, deixando claro que não dará o restande da sobra do beneficio, e decidiu que devolverá o cartão so em julho o ano que vem. O que gostariamos de saber é s isso édireito e qual a pasição judicial em relação a isso, mesmo por que o senhor de dde fez cirurgia e precisa de bastante medicamentos e necessita de transporte até o médico, qual a atitude que devemos tomar?

  27. ada regina disse:

    tomo conta de uma idosa em minha cas há 12 anos,estou a procura de outra idosa (o) para fazer companhia a ela, pois ela gosta muito de conversar e ter sempre pessoas diferentes perto dela.Tenho 1 vaga,seis alimentações diaras, água de coco, ambiente seguro e familiar, condomínio fechado e arborizado, moro no rio de janeiro ,capital,.Levo a médico, condução própria,a igreja, praia. Quarto com Ar-Condicionado,TV,Tel.Enfermagem 24hs. preferencia aposentados do MM,ME,MA. exerço a função de técnica há mais de 30 anos.Se vc tem um idoso para passar fins de semana/quinzena/definitivo ,entre em contato pelo tel 75656177 /33776607.venha conferir pessoalmente.

  28. ada regina disse:

    sou do rio de janeiro,capital.eate anuncio é referente ao anuncio anterior

  29. ada regina disse:

    sou técnica de enfermagem, e sempre cuidei de pessoas idosa em meu lar. Moro em um condomínio fechado ,com segurança,arborizado. Tenho uma vaga para idoso (a),com direitos a seis refeições,tenho automóvel para lazer,levar à médico,à igreja se for religioso(a).quarto com ar- condicionado,conforto para seu idoso.Trabalho de preferencia com aposentados do MM,MA,ME.mande-me um Email e venha conferir,.enfermagem 24hs.Tenho uma idosa que mora comigo há 12anos, ela é lúcida e serve de referencia para tal.

  30. lucimar disse:

    tenho 31 anos queria fazer curso para cuidadora de idoso para adquiri mais algumas esperiencia sobre cuidadora de idosos tenho muita paciencia com e sou apaixanonada por idoso ..se vc s quizer entrar em contato comigo …tel:32569997….cel:88250416

  31. MARILLES FARIAS disse:

    Estou procurando um cuidador de idoso para trabalhar de segunda a sábado, podemos oferecer 700 reais mensais e mais transporte, que more próximo a tijuca – rio de janeiro. Estamos numa situação difícil e de buscas infrutíferas.

    obrigada

  32. LUIZ FERNANDO disse:

    Boa Noite,

    O meu pai tem Alzheimer, não se movimenta e não mais fala e ainda teve que se submeter a uma traqueostomia recentemente, por conta de uma forte pneumonia. Assim, os cuidados que teremos que ter com ele serão mais especializados, daqui para frente. Gostaria de saber se há disponibilidade de 2 cuidadores com experiência no caso para que possam se revezar nos cuidados com o meu pai.
    Agradeço antecipadamente.

    Luiz Fernando
    Barra da Tijuca
    Rio de Janeiro

  33. maria de lourdes leão monteiro disse:

    gostaria que fosse reconhecido nos direitos de cuidador de idosos pois e uma proficão aqual os deputados devia aprova uma lei sobre seus direito que não e reconhecido

  34. marinete disse:

    tenho 40 anos queria fazer o curso de cuidador para adquirir mas esperiencia profissional pois tomo conta de uma senhora de 87 amo tudo q faço ja estou com ela a 3 para 4 anos ela me passa muito amor e carinho amo a dona GE e como trato ela .

  35. Eugenio disse:

    Gostaria de conversar com Eliane Ferreira.

  36. therezinha disse:

    Cuido de uma idosa, com carinho, respeito e muito amor.Ela é uma pessõa muito dificil, mas compreendo seus motivos.O problema é o esposo dela, que nos maltrata muito, é indelicado todas as horas e todos os dias, não permite uma folga, e paga apenas 500 reais para trabalharmos de 8:00 à 1:00 da manhã isso esta certo?Com carinho Thereza.

  37. eliane ferreira disse:

    Gostaria de fazer companhia a um Sr.(a) idoso(a), sem remuneração, em São Paulo, em troca de moradia, faço curso de direito de manhã e estudo ingles uma vez por semana, tenho carteira de habilitação, curso de saúde. Eu poderia cuidar do idoso, fazer companhia não como empregado e sim como uma amiga que estaria retribuindo a moradia. Tenho 44 anos, boa índole, tenho referencias, hoje moro com um senhor de 63 anos e o filho dele de 25 anos.O problema que estudo em São paulo e moro em Guarulhos, este é o motivo de mudar para São Paulo.

  38. maria das graças de souza disse:

    sou cuidadora se idosos. cuidei de uma senhora a8anos eu gostava muito dela dia 28 de outubro ela faleceu sofri muito.Cuide muitobem dela como se fose minha mae e nao tive nem um valor.A filha dela que era tutora dela e que era minha patroa nao teve um pingo de concideraçao. Ela nao assinou minha carteira e ainda me maltratou muito durante esses anos estou deprimida estou só mas ja dei entrada na justiça pra ver se ela me paga tudo que ela me fez.Espero que Deus me ajude em primero lugar em segundo lugar o Juis. AMEM

  39. Violeta disse:

    Cuido de minha mãe que tem 83 anos. Ela é diabética e cardíaca. Pago duas pessoas uma dorme todas as noite e a aoutra fica das 7:00 até à tardinha agradando a secretária da noite. Tudo quem paga sou eu. Tenho duas irmãs, mas são casadas e vejo que não tem condiçoes. As duas secretárias nenhuma ganha salário, mas aceitaram assim mesmo devido a condiçao de vida.
    Moro numa casa financiada, às vezes tenho grande dificuldade em tudo. Será que uma pessoa como eu, 58 anos, não tenho algum direito, como aquisição da casa?
    Ou outras coisas inerente à pessoa que toma conta do idoso?

  40. Grace Louise disse:

    Abandonei tudo pra cuidar da minha mãe, pra recuperar a ausência do seu amor. Fui a filha rejeitada que aos 53 anos ofereceu a ela todo o amor que me faltou.
    Meus irmãos não me ajudaram em nada, e a filha mais querida dela se ausentou até no momento da despedida final. A onze anos não sei da minha irmã. A tres anos perdi a minha mãe que era tudio para mim apesar de tudo. Fiz o curso de Cuidador de Idoso pela Cruz Vermelha e Reabilitação Geriatrica pela Faculdade Estacio de Sa em curso de ferias. Estou com 64 anos feitos a poucos dias, sou divorciada e tenho dois filhos casados, não tenho renda nenhuma e trabalho como cuidadora. Ja atendi idosos de 56 ate 103 anos. Amo o que faço e acho que o melhor salário é poder dormir em paz! Sou uma pessoa determinada e quero trabalhar para a minha propria sustentação. Não quero me sentir dependente e peso nas costas dos meus filhos. Eles me amam, tenho as minhas noras como filhas e acho que eles tem que curtir a vida deles. Quero toda a felicidade dos meus filhos e isso me basta pela paz que sempre me deram. Sou feliz! Pra mim, não importa a ajuda que não me deram ou amor que me faltou. O que importa pra mim é que todo o amor que eu dei, foi o mesmo que receber, quando se entende que amar sem nada em troca e receber o bem mais precioso que é a luz e a paz para a evolução do espirito.

  41. Ana disse:

    Sou a primeira de 7 filhos de minha mãe.Sempre cuidei de minha mãe e de meus irmãos, até porque trabalhava em hospital até me aposentar,e tudo que eles precisavam em problema de saúde ,era comigo.Tenho uma filha de 33 anos com paralisia cerebral, que nescessita de tratamento fisioterápico, odontologico etc entre outros.Como moro vizinho a minha mãe, estava sempre presente no que podia fazer por ela.Só que agora ela com 85 anos se tornou mais dependente insegura e meus irmãos resolveram que só cuidariam dela se vendessem a casa dela. Como não concordei, todos a abandonaram e ela teve que vir pra minha casa de vez.Hoje cuido dela sozinha e da minha filha e ainda tenho que conviver com os problemas que eles trazem quando vem visita-la de vez em quando, deixando ela sempre cada vez mais perturbada sem entender porque, tanta desunião.Não tenho tempo nem para me cuidar. Se ainda estou em pé é graças a minha fé.Quando comento com alguem que estou doente, eles falam que estou me fazendo de vítima, e que só tenho uma filha deficiente porque mereço.
    VENHO AQUI PEDIR AJUDA.ESTOU CADA DIA MAIS ANGUSTIADA E DEPRIMIDA, ME SENTINDO A PEOR PESSOA DO MUNDO.A minha situação está cada vez mais difícil.Não tenho mais forças para reagir.Já são 2 anos sem eles me darem uma ajuda de nada, nem mesmo quando ela teve um AVC e caiu.

  42. camila dos santos freitas disse:

    eu gosto de sim de cuida de pessoas mais velha por exnplo eu cuida da minha vo que tem 80 ano e eu gosto muito de fazer isso eu acho que so por causa da minha idada todo mundo acha que oesoas mais nova n tem cuidado com nada eu so tenho 17 anos e eu queria trabalha com isso

  43. verenice disse:

    cuido de uma senhora idosa de 96 anos.adoro cuidar dela.trabalhamos em 3 na casa.trabalho 24hs e folgo 24horas.a familia raramente vai visitar-la e quando vai e pra ficar acusando os funcionarios fala que sumiu isso ou aquilo .gostaria de saber o que posso fazer?

  44. rose oliveira disse:

    Tenho o meu pai que fica em um lar para idosos somos em duas irmãs e o meu pai não vive mais com a minha mãe, tudo fica para mim, sou cobrada o tempo todo porém quero saber os meus direitos porque embora ele seja idoso está com 60 anos acredito que nenhum ser humano vive somente de direitos todos temos que ter deveres, independente da idade, ele relata que quer ir a delegacia para dar parte de nós pois ele acredita que nós estamos roubando ele porém ele ganha um salário mínimo e nós pagamos quase dois salários na casa tenho comprovante de pagamento.Antes de ser colocado neste local tentamos por varias vezes uma pessoa em casa mas ninguém parava pois ele humilha, xinga, mal humorado, antes deste lar o outro recusou a continuar com ele, disseram ser impossivel ficar com uma pessoa como ele, eu e minha irmã trabalhamos eu trabalho em dois empregos tenho filho e contas a pagar não posso sair, desejo saber quais os meus direitos, somente isto.

  45. Ana Paula Machado disse:

    Desde menina,percebi em mim uma forte tendência a cuidar dos mais velhos. Sempre me sensibilizava ao vê-los fragilizados,humilhados por não poderem realizar suas funções vitais dependendo de “outros”.Com o passar do tempo,fui compreendendo que havia em mim uma capacidade enorme para auxilia-los,foi então o que fiz. Hoje,aos quarenta anos,posso dizer que cuidar de idosos é o que faço de melhor;porém amigos sem jamais ter sido remunerada.Confesso que: jamais pretendi fazer destes cuidados uma fonte de renda,pois para mim é de obrigação cuidar dos ‘meus”,e do próximo, desprovidos de cuidados. Assim eu pensavaoutrora. Hoje; pressinada por minha família,fui escalada para cuidar de minha mãe, que aos setenta e seis anos requer cuidados permanente.Infelizmente tenho que dizer que;apesar de todo bem estar,todo aprendizado que esta capacidade me trouxe ao longo dos anos, hoje me encontro em maus lençóis.Não tendo me profissionalizado,fica bastante dificil obter uma renda basica.Também não posso contar com o auxilio da minha família,pois a mesma me escalou como enfermeira vinte e quatro horas.À questão amigos,é que tenho uma filha de quinze anos, que depende dos meus cuidados e podendo contar somente comigo financeiramente.Decidi que farei desta minha capacidade um função rentável,porém me sinto culpada porque deixarei minha mãe a mercê de “outros”. Quanto ao video,direitos reservados aos familiares e cuidadores de idosos: Poderiamos fazer dele uma propaganda nacional,o que acham? Somente assim;seriamos respeitados em nossas condições,e limitações humanas.

  46. juliana disse:

    minha sogra tem uma doença rara e degenerativa, ela mora comigo e venho acompanhando o processo a dois anos e ele esta bem avançado segundo os médicos e algumas pesquisas que faço. acredito que eu estou encarando isso com serenidade e “pés no chão”, já meu marido não consegue aceitar nem tão pouco pensar na possibilidade de perde-la. vejo que se continuar assim o choque para ele será extremo, venho então pedir uma orientação para poder prepara-lo melhor para o inevitável, pois este momento está chegando e temo muito por ele! Desde já agradeço a atençao e o espaço. juliana

  47. Ana Cristina Bonfim Pereira disse:

    Eu já procurei varios orgãos não tive resultado algum.Eu não acredito que dedicamos o nosso amor ,carinho,atenção e quando precisamos nada é ao nosso favor estou horrorizada com essa lei.Se vocês tiverem algum orgão que possa me ajudar me orientem por favor já não sei o que faço será que meu tempo de serviço será em vão. Obrigado pela atenção vou esperar resposta.Beijos adimiro bastante o trabalho de vocês.

  48. Ana Cristina Bonfim Pereira disse:

    Eu trabalho tomando conta de uma idosa há um ano e seis meses pego as oito da manhã as vinte horas total de doze horas,dias alternados hoje estou com problema de saúde e não tenho carteira assinada porque a patroa diz que não tenho direito já fiz uma cirurgia ela não me deu um tustão para comprar um remedio a seis meses atráz estou sem saber o que fazer gostaria que vocês me orientassem.

  49. Sandra Novack disse:

    meu nome é sandra sou a filha caçula tenho 33 anos tenho 11 irmaos e tenho que fazer tudo sozinha ninguem da minha familia me ajuda com nada a dois meses arrumei uma pessoa para me ajudar cuidar dos meus pais com 80 anos e pedi ajuda de 20,00 reais para cada um para ajudar pagar a mulher que me ajuda cuidar dos meus pais mas alguns se recusaram a pagar e alguns estão me ajudando mas tenho que ficar cobrando e não pagam no dia certo que foi combinado estou estressada e cansada de fazer tudo sozinha tendo tantos irmãos nem um deles vem buscar os pais para passear ou levar em sua casa minha mãe não anda ela fica na cadeira de rodas eu não tenho carro para levar ela e de onibus não da porque eles não moram perto mas todos tem carro de vez em quando eles vem visitar eles o que eu devo fazer para eles me ajudarem porque eu ja fiz tudo que eu sabia para eles ajudarem até imprimi um papel do estatuto do idoso e dei um para cada um deles e nem se quer leram me dem uma orientação por favor eu agradeço

  50. Lilian Rodrigues Queiroz disse:

    Dr. Márcio,

    Como sempre, textos e orientações bastante esclarecedoras! Serão levadas ao Curso de Cuidadores na próxima semana oferecido pelo Senac MG. Abraços…

  51. nilda lara disse:

    Cuido de minha mãe de 93 anos. Tenho 53. Moro em São Paulo e os Familiares no Rio de Janeiro. Sou caçula. Se os mais velhos nunca cuidaram de minha mãe, aqui estou. Dou-lhe qualidade de vida. Não espero que adoeça para levá-la ao médico. Quando fui buscá-la no RJ, estava doente, não podia andar. Os “mais velhos” sequer lhe compraram uma cadeira de rodas. Estava com anemia profunda. Falsa gota no pé.Tenho tudo documentado. Trouxe-a com o maior carinho. Levei-a para passear em vários lugares de São Paulo, mesmo em Cad. de rodas. Hoje está andando. Exames normais. Aparenta 20 anos a menos. É artesã. Trabalha em reciclagem de plásticos e afins. Dorme ou descansa todas as tardes. Gosta de ficar na cozinha durante as manhãs. Não consigo convencê-la a deixar a “panelinha”. Ficou linda. Aqui, cabe a pergunta : Tenho que ouvir desaforos dos familiares, ameças de ficarem em minha casa pelo tempo que quiserem e quando quiserem, ( para ir ao Brás fazer compras )? Eu tenho que passar por isto? Afinal, sempre que posso, levo minha mãe até eles. Basta que eu vire as costas pra fazer uma caminhada, que algo acontece e tenho que levá-la para o hospital. Nunca sei o que acontece.Tenho que passar por isto? Estou estressada, sem privacidade e sem ânimo com meus estudos. Até já adoeci, por conta de invasão de parentes dentro da minha casa.O que fazer?Não aguento mais viver fazendo viagens que só resultam em alta de pressão arterial para minha mãe. Cadê meus direitos?

  52. Caros leitores,
    Acessem o novo blog que fala justamente sobre o assunto da regulamentação da proifissão de cuidador de idosos.
    http://www.cuidardeidosos.com.br/2008/07/04/duvidas-referentes-a-profissao-de-cuidador/

  53. silvana disse:

    Faço a mesma pergunta que a Valdenice Barbosa fez,, é lei ter que trabalhar ( como cuidador de idoso ) 24hs.durante 6 dias e ter uma folga de 24hs semanais, é lei ter que morar no emprego, por favor me respondam esclareçendo isso.

  54. valdenice barbosa alves disse:

    FIZ UM CONCURSO PUBLICO PARA TRABALHAR COMO CUIDADOR,PASSEI EM 2ºLUGAR,MAS A MINHA SURPRESA FOI Q TENHO Q TRABALHAR 24HS DURANTE 6 DIAS E VOU TER UMA FOLGA DE 24HS SEMANAIS…ISSO É LEI? VOU TER Q MORAR LÁ?????? OBRIGADA.

  55. TâNIA FERREIRA disse:

    Muitas vezes, nós cuidadores, esquecemos que temos direitos e acabamos engulidos somente por nossos deveres esquecendo até que somos seres humanos. Obrigada por nos proporcionar este momento de reflexão.

  56. TâNIA FERREIRA disse:

    Muitas vezes, nós cuidadores, esquecemos que temos direitos e acabamos engulidos somente por nossos deveres esquecendo até que somos seres humanos. Obrigada por nos proporcionar este momento de reflexão.

  57. Acácia disse:

    Tudo isto que foi escrito eu passo com a minha família. Vou mostrar pra eles os meus direitos e pedir ajuda, pra cuidar de nossa mãe. Obrigada

Quer adicionar uma foto no seu comentário?

Entre no site gravatar.com, crie uma conta e faça o upload da sua foto.

Comente

  • Nenhuma citação para este post.

Enquete

Você sabia que o novo CLASSIFICADOS PROCURO CUIDADOR agora também anuncia empresas e profissionais de saúde?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Mapa
© 2010 Cuidar de Idosos. Todos os direitos reservados. Reprodução sem permissão não é permitido.

© 2012 CUIDAR DE IDOSOS

Recomendamos também a leitura de: