Cadastre-se no site

Primeira página

Seções

Profissões

Doenças

Condições

Cursos

Dicas

Vídeos

Redes Sociais

Cuidar de Idosos

Publicado em: 23/08/2010

A- A+

Cuidar de minha mãe é complicado!

  •  Favoritos
  •  Assinar feed
  •  Receba por e-mail
  •  Link para este post
  •  Notificar erro
  • Enviar para amigo

  •  

Cuidar de minha mãe é complicado Cuidar de minha mãe é complicado!

Cuidar de minha mãe é complicado!

Meu caso é bem complicado, mas vamos lá.

Morei por 10 anos junto de meus pais e depois que me casei, moramos perto por mais 10 anos. Há quatro anos minha mãe adoeceu (2 isquemias cerebrais) e passou a ser parcialmente dependente nas atividades diárias. De lá para cá, cuidei dela e do seu salário. Eu trabalhava e pagava com o salário dela uma pessoa que cuidava dela e da sua casa, além de todas as despesas da residência.

Em março de 2009, precisei levar minha mãe para minha casa, pois meu pai não aceitava mais a pessoa que cuidava dela. Minha mãe morou na minha casa por 5 meses e depois de uma terrível discussão com meu marido, resolveu voltar para a casa do meu pai. Apesar de ter dias em que está lúcida, há dias em que não está, porém no dia da discussão ela se encontrava em perfeita consiência.

Ela morava com meu pai e um irmão meu que havia separado da mulher, quando em março de 2010, por questões de saúde e financeiras precisei mudar de cidade. Deixei minha mãe aos cuidados de meu pai, pois eles não quiseram me acompanhar, nem meu irmão. De repente, meu irmão voltou com a ex mulher e foi embora, deixando meus pais sozinhos.

Depois de alguns dias, minha mãe ficou doente e a mulher do meu irmão levou minha mãe para a casa dos pais dela. Quando eu ligava para meu irmão para saber da minha mãe, ele dizia que estava tudo bem e não me informou que tinha voltado com a ex mulher. Só fiquei sabendo dias depois que tinham levado minha mãe da casa mulher de meu irmão.

Fui visitar minha mãe e tive uma terrível surpresa, ela estava muito mais magra, envelhecida, morando numa casa que não oferece conforto algum e o pior, minha cunhada retirou parte da medicação de pressão da minha mãe sem levá-la ao médico. Minha mãe estava aparentemente descontente e desanimada, não sorria. E ainda me disseram que minha mãe não dorme mais de dia, além de passar horas a fio debaixo do sol quente, pois a casa não possui nenhuma sombra. Tentei de várias maneiras trazer meus pais para perto de mim, mas meu pai insiste em não vir.

Quando sugeri trazer meus pais, meu irmão me agrediu dizendo que eu havia abandonado os meus pais e que agora estava tentando buscá-los para comer com a aposentadoria deles. Em conversa com meu pai, ele me disse que levaram minha mãe embora sem falar com ele, que nada foi conversado e contou a respeito da medicação da pressão, também constatei que minha mãe havia caído, não levaram ao médico nem fizeram curativo. Sugeri que meu pai procurasse um lar para internar minha mãe e ele concordou. Acontece que meu irmão está fazendo ameaças dizendo para meu pai que vai me matar e que ninguém tira minha mãe de lá, nem mesmo a justiça.

Quero trazer pelo menos minha mãe, novamente, para minha casa, mas não tenho como tirá-la de lá. Sinto que meu pai está intimidado com as ameaças do meu irmão. Tenho medo de denunciá-lo e ele se vingar de mim como está prometendo, além do medo de que ocorra algum imprevisto, tipo briga ou outro fato, que acabe agravando a doença de minha mãe ou prejudicando meu pai, já que ele não virá.

Expliquei ao presidente da instituição que meu pai procurou o que está acontecendo e pedi que ele ajude meu pai. Também esclareci que, se eles tirarem minha mãe de onde ela está, eu a buscarei no mesmo dia, pois a instituição não tem vagas disponíveis no momento. Não sei o que fazer, pois tenho medo das ameaças do meu irmão. Preciso de orientação.

Maria Valdecir (sobre um comentário para o artigo O Perigo Mora em Casa)

O que acharam deste caso real, mandado por uma filha cuidadora? Será que nossos internautas do CUIDAR DE IDOSOS podem ajudar dona Maria Valdecir? Escreva seu comentário abaixo, fale para nós o que você poderia orientar para que esta filha cuide melhor de sua mãe! Nossa comunidade pode ajudar muito!

Editorial Cuidar de Idosos

- portalcuidardeidosos@gmail.com

Avalie este artigo

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas 9 Voto(s)
Loading ... Loading ...

16 comentários em “Cuidar de minha mãe é complicado!”

  1. mareneidinha disse:

    minha mãe tá idosa e com diabete ,ela vive com uma das minhas irmãs no interior, ele é aposentada e vive sobre cuidado dessa minha irmã ,recebi reclamações de terceiros, sobre como ela se encontra por esse motivo chamaei mais dois irmãos meu e fui lá ve-la , fiquei chocada ela vive em um quarto e sala do lado da casa da minha irmão a qual não cuida dela a ,a casa é suja ,naõ tem banheiro ,e os remedios dela não sao oferecidos na hora certa ,a alimentação é precária ,alías nem comida tinha para uma pessoa diabética e inpertensa ,alem do mais ela féz um bar na frenta da casa de minha mãe ,e diz que nem um juiz tira o bar de lá .me digam o que devo fazer?////////////

  2. Massia disse:

    Somos 11 filhos 4 de um casamento e 7 de outro minha mae Ten alzhieimer faz 8 anos ela moro com seu segundo marido pero eles nao sao casados ela recebe un aposentadoria do meu pai .vive com esse carsco e com 2 filhos. O maltrato e pisicologico nao cuida bem dela da tanto medicamento que ela fica dopada eu e minhas irmaes nao vivemos no brasil mais quando vamos e una briga eles nao deixa que veja a nossa mae e um poco despererante tudo porque ela recebe una boa aposentaduria eu quero denuciar pero noa sei como para que alguem vaia ajudar verdaderamente oa sei o que fazer eles prende ela en casa.ela nao pode nem tomar o sol as vizinha mim dizem para eu nao deixar minha mae nessa situaciao pero eu nao sei o que fazer!!!!!!

  3. silvanasantanasantos disse:

    È muito dificil não a mãe mas a familia que não tem uniao pois se torna mais dificil a unica coisa que a mãe não precisa nesse momento e passar por tudo isso mas o que ela nescessita nesse momento e todo amor e todos os abraços para se sentir segura e amada e tão pouco que é de se sentir vergonha pois todos tera o seu fim sou tambem cuidadora e sei como saber que todos precisan de mim penso que eu tambem vou querer esse eterno carinho que deus mude os pessamentos dele pessa para nossa senhora dos aflitos sua ajuda e ela te atendera fica com deus força

  4. Ana Cristina disse:

    Minha situação é a seguinte, me casei com um estrangeiro e vim morar no país dele. ele tem apenas um irmao, agora a mae dele tá doente, tem mal de parkson, e problemas de locomoção, tem que segurar ela para ir ao banheiro etc: só que estou percebendo que eles estão querendo jogando a responsabilidade de ficar com a mãe durante o dia, em cima de mim. Eu n sou a pessoa certa para ficar com essa responsabilidade, pois n tenho saco…me cansa principalmente piscologicamente, enche a minha paciencia o tempo todo me chamando pra nada. Pertuba demais. acontece que sempre tive uma vida razoalvelmente boa no Brasil, nunca me faltou nada, e nunca precisei passar por isso…e agora me vejo numa situaçao dessa, ele sabe que odeio, mas n toma uma atitude de contratar uma cuidadora. a velha recebe do estado 700 euro a mais n aposentadoria, justamente para pagar uma cuidadora, e eles e ela ficam com pena de pagar. Amo muito ele, mas ando com vontade de ir embora…que vocês acham?

  5. ESTAMOS COM UM PROBLEMA EU TENHO UMA COMADE QUE ELA CUDA DA MAE MAS AGORA ESTA COM PROBLEMA DE SAUDE E OS OUTROS IRMAOS NAO QUERE AJUDAR COMO ELA PODE RESOUVER ISSO NA JUSTISA

  6. arlete disse:

    Não sei mais como convencer minha irmã a vir morar na casa de minha mãe que fica ao lado da minha. Meus irmãos alugaram uma casa em outra cidade e pagam uma pessoa para atender de minha mãe que teve avc, porque acharam que ela iria me dar muito trabalho porque eu não quero ninguem estranho cuidando dela eu acho que essa obrigação é minha e de minha irmã, mas ela não quer ficar aqui e nem la nesta outra casa, ela é viuva mas nao sai da barra das filhas que são casadas. Tenho muita pena de minha mãe mas não sei como agir mais , não posso obrigar a trazer ela de volta pra mim porque a obrigação é minha e da minha irmã.Por favor me de uma luz.Obrigada.

  7. edy disse:

    parabéns pelas pessoas boas que ainda tem !!!!

  8. fabio guera disse:

    Oi eu tenho passado por momentos complicados com minha mãe e meu padrasto,Minha mãe tem 56 anos e sofre de alguns problemas de fundo emocional( ela não pode se aborrecer)isso a leva ah pronto socorro constantemente,e agora ela justamente mora em um local.onde para as outras pessoas ela e maluca eo meu padrasto que ja não é tão novo(60) tem problemas de descontrole emocional,então vivemos em meio a esse problema,não posso trazer minha mãe para minha casa pois minha esposa trabalha e cuida da minha sogra doente,hoje eu tive um pesadelo com ela e meu padrasto e agora eu estou buscando ajuda,não sei por o0nde começar minha familia é dificil pois tem muita confusão e ela fica no meio,fico pensando que eu deveria me separar e ir cuidar da minha mãe isso na verdade é um desabafo de um desesperado

  9. Marsol disse:

    Oi Maria Valdecir,
    Fiquei feliz ao saber que vc conseguiu resgatar a sua mãe das garras do teu irmão! morri de dó! tenho um irmão que também não tem coração, meu pai está com linfoma mas está bem. Somos em 3 irmãs e um irmão, só as irmãs pagam a cuidadora e meu irmão além de não ajudar financeiramente, se nega a ficar a cada 3 domingos e feriados com meus pais. O que me deixa indignada é que meu pai está bem, assim como minha mãe! não estão acamados e nem usam fraldas! é fácil cuidar deles!

  10. Roberto disse:

    Boa Noite, gostaria de saber o que posso fazer, somos em três irmãos, eu sou o unico homem, e o unico que cuida da mãe, as duas irmãs praticamente lergaram de mão, minha mãe esta com 70 anos e tem DPOC, Efizema pulmonar e usa oxigenio 24 horas por dia, praticamente anulei minha vida por ela, e não sei o que fazer !!! existe alguem que poderia ajudar ? existe pessoas que cuidem de idosos doentes

  11. KIKA MOURAO disse:

    Meu problema é o seguinte, eu tenho 58 anos sou hippertença e tenho artrose na coluna e tendinite nos dois braços. tenho um irmão que bebeu e fumou dsde os 17 anos, agora está com 63, com eplipsia e enfisem apulmonar já no grau 2 eu falo de coração aberto que eu não quero cuidar del eporque não tenho estrutura física nem psicológica
    ele as vezes fica agressivo e eu tenho medo dele. ele está muito fraco e os parentes vivem ligando e dizendo que preciso trazer ele pra minha casa… mas sou viúva meus filhos trabalham e não vão me ajudar a cuidar dele… não sei o que fazer ele é aposentado com um salário mínimo e os lar de idoso estão todos lotados pra eu pagar alguem pra morar com ele vai custar uma fortuna, que eu não tenho pra pagar… eu tenho pena do meu irmão mas não sinto amor por ele pq ele judiou muito dos meus pais e de nós irmºaos também me ajude enviando sugestão o que fazer nesse caso. é meu irmão1 SINTO PENA SINTO DÓ MAS NÃO QUERO CUIDAR TENHO CERTEZA QUE NÃO VOU AGUENTAR TAMBÉM

  12. Maria Valdecir disse:

    Olá, está tudo resolvido, consegui trazer minha mãe para minha casa, foi uma difícil batalha, mas meu pai ficou do meu lado, minha mãe chegou com a medicação incompleta, machucada, toda queimada pelo sol, não dormia e quando conseguia tinha pesadelos. Imediatamente levei-a ao médico, hoje sua pressão está normalizada, assim como sua medicação está em dia, alimenta-se muito bem comigo e dorme como um bebê , cuidei de seus ferimentos e já cicatrizaram, as queimaduras do sol estão sumindo e não tem mais pesadelos. Pena que ela chegou com um estágio de demência já avançado ( acredito que piorou por falta da medicação) e não podemos bater os longos papos de antes, mas o que realmente importa é que diante dos meus olhos posso ver o que acontece e dar a devida atenção a ela.

  13. OLA…MEU CASO E MAIS OU MENOS PARECIDO,TB CUIDO DA MINHA MAE E SOZINHA,ENTRA SEGUNDA SAI SEGUNDA E EU AQUI DENTRO DE CASA COM MINHA MAE, SEM CONTAR QUE ELA TEM PROBLEMAS PSICOLOGICOS, TB NAO DORME NEM DE DIA E NEM A NOITE, E MAIS, GRITA O TEMPO TD. ME ENLOUQUECE, BUSCO FORÇAS EM [DEUS] NOSSO CONSSOLADOR. ME VIRO COM O POUCO QUE ELA GANHA!NAO TENHO SALARIO POIS NAO POSSO TRABALHAR, MESMO PQ NAO CONSIGO ENCONTRAR ALGUEM PRA CUIDAR DELA, POIS ELA POEM TDS AS QUE EU JA CONTRATEI ATE HOJE PRA CORRER,ENFIM, COMO VÇS PODEM VER, E UMA SITUAÇAO COMPLICADA!MEU PSICOLOGICO ESTA MUITO ABALADO…MAS EU TO INDO EM FRENTE DE MAOS DADAS COM NOSSO PAI[DEUS]PROCURE OS DIREITO DE SEUS PAIS E NAO DEIXE QUE SEU IRMAO OS FAÇAM SOFRER, UM DIA ELE ENVELHECERA E VERA NA PELE A DOR, O SOFRIMENTO QUE SEUS PAIS ESTAO VIVENDO! ONDE JA SE VIU, SEPARA-LOS ASSIM,FAÇA O MELHOR POR ELES,! ESSA BENÇAO VÇ RECEBERA LA EM CIMA, ACREDITE. FIQUE COM [DEUS]

  14. Bernadette de Lara disse:

    É realmente preocupante a situação de sua mãe. Em primeiro lugar, pense no bem estar dela, na saúde, pois sem a medicação e cuidados a tendência da saúde dela é piorar. Seu irmão poderá responder judicilamente por maus tratos e intimidação. Não tenha medo, procure ajuda o quanto antes.

  15. Evanildes disse:

    Olá gente é preciso esclarecer que existe o estatuto do idoso, onde todo idoso tem direito a médico laser atenção e cuidados especias. Seria bom divulgar isso no cuidar do idoso.

  16. Beatriz Gomes Vieira disse:

    Fiquei muito triste ao ler o relato de dona maria Valdeci atraves de sua filha-cuidador,o que posso te orientar é para que procure ler e colocar em pratica o estatuto do idosos pois seu irmao nao pode manter em carcere um idosos sem que o mesmo concorde com o tratamento recebido,e muito menos ameaça-la pois voce esta se colocando a disposiçao para cuidar de seus pais.

Quer adicionar uma foto no seu comentário?

Entre no site gravatar.com, crie uma conta e faça o upload da sua foto.

Comente

  • Nenhuma citação para este post.

Enquete

Você sabia que o novo CLASSIFICADOS PROCURO CUIDADOR agora também anuncia empresas e profissionais de saúde?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Mapa
© 2010 Cuidar de Idosos. Todos os direitos reservados. Reprodução sem permissão não é permitido.

© 2012 CUIDAR DE IDOSOS

Recomendamos também a leitura de: