Cadastre-se no site

Primeira página

Seções

Profissões

Doenças

Condições

Cursos

Dicas

Vídeos

Redes Sociais

Cuidar de Idosos

Publicado em: 16/07/2011

A- A+

Cuidar de idosos: mais dicas

  •  Favoritos
  •  Assinar feed
  •  Receba por e-mail
  •  Link para este post
  •  Notificar erro
  • Enviar para amigo

  •  
Cuidar de idosos mais dicas Cuidar de idosos: mais dicas

Cuidar de idosos: mais dicas

Existem pré-requisitos básicos que todos os familiares e cuidadores de idosos dependentes devem saber. O trabalho de cuidar não é fácil, requer a flexibilidade e abertura para melhorar continuamente e enfrentar muitos desafios emocionais. Os cuidadores e familiares devem aprender a conhecer e concentrar os seus sentimentos e sempre escolher pelo otimismo e entusiasmo para o bem-estar da pessoa sob seus cuidados.

Cuidar e acompanhar uma pessoa idosa nos faz perguntar e refletir sobre a transitoriedade da vida e nos desperta sentimentos de ansiedade, preocupação ou desamparo. Portanto, reconhecer esse fatos permitirão ao cuidador e ao familiar enfrentarem os desafios de seu trabalho e obter uma resultado, para ambos, enriquecedor.

Veja mais algumas dicas:

  • Aceitar o idoso como ele é, sem preconceitos de gênero, raça, nacionalidade, origem, doença, dentre outros.
  • Executar plano de cuidados diários para desenvolver uma forma sistemática. Isso vai facilitar tanto o cuidador e a pessoa idosa cuidada a conhecer o cronograma de atividades e o ritmo de atendimento. Fornecer segurança para ambas as partes. Os objetivos no plano de cuidados deve ser claro, fácil de ser realizado, a curto prazo, não deve levar à frustração na sua abordagem.
  • O plano de cuidado deve ser tomado em consideração às preferências e os hábitos da pessoa idosa em uma situação de dependência, sempre que possível.
  • Agir com calma e paciência. O tratamento deve ser respeitoso, profissional (para o cuidador) e humanizado. No entanto, deve haver segurança para evitar a superproteção, o que tende a aumentar ainda mais a situação de dependência.
  • Evite apelidos que infantilizem a pessoa mais velha. Chamá-los de “meu neném”, “vovozinha”, “minha criança” ou algo semelhante pode ser humilhante, irônico e abala a auto-estima da pessoa idosa.
  • Muita dependência é positiva apenas para quem cuida e porque a  pessoa idosa está em uma situação de fragilidade.  A confiança é sempre um valor a buscado e depende da relação de cuidado entre o familiar, o cuidador e o idoso.
  • Respeitar a individualidade de cada pessoa idosa. No caso de uma instituição de longa permanência, não é bom rotular “todos” os idosos, por exemplo, sob o mesmo denominador, ou seja, todos são muito parecidos no tratamento. Embora possam apresentar problemas e doenças semelhantes, cada pessoa idosa deve ser tratada e considerada individualmente.
  • É importante que o cuidador de idosos ou o familiar estejam dispostos a ouvir, apoiar e explicar. O que isso significa? Basicamente, significa deixar a pessoa idosa tomar suas próprias decisões, quando tiverem condições para tal.

Márcio Borges

Geriatra - marcioborges@cuidardeidosos.com.br

Avalie este artigo

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas 4 Voto(s)
Loading ... Loading ...

9 comentários em “Cuidar de idosos: mais dicas”

  1. EU CUIDO DE UMA PESSOA IDOSA A NOVE ANOS EU GOSTO MUITO DESSE TRABALHO E CANSATIVO MAS SO DE PENSAR QUE UMA PESSOA PRECISA DE VC. JA ME FAZ FELIZ NAO SEI O QUE SERIA DE MIM SEM A MINHA PATROA ELA ESTAR COM EXCLEROSE MAS EU TENHO TODA PACIENCIA DO MUNDO TE ADORO

  2. Isadora disse:

    muito bom o texto. Pude acompanhar uma situaçao semelhante enquanto minha vo ainda estava viva. Ela morou durante 10 anos com a minha mãe e foi possível acompanhar de perto o como a saúde da minha mãe foi aos poucos indo embora pois cuidar da um idoso realmente é um trabalho de tempo integral. Pensando nas dificuldades pelas quais ela passou, desenvolvi um site (www.mandapracasa.com.br) para dar uma força para os familiares que tem que cuidar de um idoso que mora sozinho e já não tem mais condiçoes de fazer marcado e etc. Ainda estamos aprimorando a plataforma para que ela seja cada vez mais util por isso todos os feedbacks são bem vindos.

    obrigada

  3. Mulher que se cuida é muito mais interessante!

    Gente, não podemos esquecer de cuidar do cuidador, certo?

    Temos muitas mulheres cuidadoras, e é a elas que deixo minha pequena contribuição, lembrando um pouco da saúde da mulher, da importância de cuidar da saúde integral dessas tão valorosas cuidadoras!

    Deixo algumas dicas: http://www.palliarte.com.br/2012/03/mulher-que-se-cuida-e-muito-mais.html

    Abraços, e se cuidem, garotas!
    Maria Lúcia Bozzani

  4. Giane Soares da Silva disse:

    Minha mãe fara 87 esse ano, tem um ano que esta de cama e no oxigenio, demência, porem ela tem mtos momentos de lucidez, amo-a demais, deixei minha vida de lado so para cuidar dela,chamo de minha maezinha, minha menininha linda que eu amo demais, e ela sente-se segura e feliz pq sorri maioria das vezes que a trato assim,qdo vcs dizem que isso as fazem se sentirem humilhadas acho que não é uma regra, qdo há amor e carinho elas vão sentir verdade como é o caso da minha mae que fica feliz ao meu lado e mto calma, pq apesar do mal dela, é totalmente diferente da maioria dos casos, pq ela não é agressiva, não xinga mto pelo contrario, ora junto comigo e eu agradeço a Deus todos os dias e peço forças para aceitar o fim qdo ele chegar

  5. fatima disse:

    eu moro em avare, e gostaria muito de trabalhar, cuidando de idosos. na casa da pessoa de dia ,ou para passar a noite. sinto mto a falta de meus pais.ja faleceram. entao gostaria de estar em contato com pessoas de idade. só que nao sou enfermeira. mas tenho amor e cuidados para dar. meu nome é fatima tenho 41 anos.

  6. quero trabalhar estou parada a muito tempo…

  7. patricia disse:

    minha mae tem 76 anos, e esta com o mal de alzheimer.tenho duas filhas pequenas e tenho que trabalhar.tenho outras irmas que nao colaboram muito,com os cuidados dela.se pudesse eu parava de trabalhar so para cuidar dela,mas nao posso.estou perdida o que faço?

  8. rozy alves disse:

    Olá Caroline, as dicas são realmente execelentes. Eu tambem estou em uma situação parecida. Meus pais com 85 anos, minha mãe já apresenta o parkson um tanto avançado, eu trabalho o dia todo e tento “me desdobrar” para atender as necessidades; meu pai me ajuda a cuidar dela, acredita? é lindo isso. Tenho encontrado muia paz e equilíbrio na pece, no choro até! e aqui neste site que tenho conseguido aprender muito. Continue assim semeando o bem, o amor e a caridade. Deus seja com vc! abraços.

  9. caroline oliveira de souza disse:

    CUIDO DE UMA IDOSA DE 97 ANOS APRENDI COM ELA MUITOS SENTIDOS PRA MINHA VIDA. NO COMEÇO ACHEI QUE IA FICAR LOUCA POIS ELA VIA COISA QUE EU NÃO ELA ESTA CEGA E AGORA JÁ NÃO ANDA MAIS TENHO QUE ME DESDOBRAR PRA DAR BANHO MAIS FORA ISSO ADORO ELA FUI RECEBIDA COMO FILHA NA CASA DE SUA FILHA POIS É LA QUE ELA MORA AGORA PRA QUEM TA ENTRANDO NESSA AGORA SÓ ENTRE SE GOSTAR DE IDOSO POIS É DIFICIL TER UM BOM PISCOLOGICO

Quer adicionar uma foto no seu comentário?

Entre no site gravatar.com, crie uma conta e faça o upload da sua foto.

Comente

  • Nenhuma citação para este post.

Enquete

Você sabia que o novo CLASSIFICADOS PROCURO CUIDADOR agora também anuncia empresas e profissionais de saúde?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Mapa
© 2010 Cuidar de Idosos. Todos os direitos reservados. Reprodução sem permissão não é permitido.

© 2012 CUIDAR DE IDOSOS

Recomendamos também a leitura de: